28 de fev de 2011

Criança morre engasgada em creche de Porto Alegre (RS)

Criança morre engasgada em creche de Porto Alegre (RS)

Uma monitora foi afastada pela Secretaria de Educação; polícia investiga o caso
Uma criança, de apenas um ano e meio, morreu depois de passar mal em uma creche de Porto Alegre (RS). A polícia investiga se houve negligência por parte dos funcionários.
Anucha Silva foi deixada pela mãe na creche. A bebê passou mal depois de mamar e morreu. A diretora da instituição acredita que a criança foi vítima da epilepsia. A família acusa uma monitora de negligência. Um inquérito foi aberto para investigar o caso.
No atestado de óbito consta que a causa da morte foi aspiração de conteúdo estomacal. Anuxa morreu engasgada enquanto tomava mamadeira. As funcionárias da creche garantem que não saíram de perto da criança.
Uma funcionária foi afastada temporariamente pela Secretaria 

Publicidade: Do R7, com Rede Record.Texto

Chuva causa alagamentos em SP e os Bombeiros resgatam as pessoas ilhadas

Ainda há pontos de alagamento por conta de temporal da tarde.

27/02/2011 14:38 - Atualizada em 28/02/2011 00:20

Bombeiros fazem resgate de motoristas ilhados no Vale do Anhangabau

Bombeiros fazem resgate de motoristas ilhados no Vale do Anhangabau

  • Carros que estavam no Túnel do Vale do Anhangabaú ficaram presos

  • Alguns torcedores chegaram a nadar no anel superior do estádio

  • Chuva encharcou campo do Morumbi e jogo previsto está atrasado

  • No centro de São Paulo, água subiu mais de um metro e cobriu Alameda Nothmann
No centro de São Paulo, água subiu mais de um metro e cobriu Alameda Nothmann

  • Carro surpreendido por alagamento na avenida Dumont Villares, zona norte de São Paulo
Carro surpreendido por alagamento na avenida Dumont Villares, zona norte de São Paulo


A forte chuva da tarde deste domingo deixou pontos de alagamento em toda a cidade. Às 23h30, apesar da cidade não estar mais em atenção, ainda havia 29 alagamentos em vias, sete intransitáveis. A Margintal Tietê teve trânsito interrompido perto da Ponte dos Remédios durante a tarde e motoristas que chegavam do interior pela Castelo Branco enfrentaram dificuldades. O jogo entre São Paulo e Palmeiras atrasou por conta do campo encharcado.

 
Outras matérias relacionadas:

 
Grávida é resgatada de helicóptero

 
De acordo com a Companhia de Engenharia de Tráfego (CET), 51 semáforos ficaram com defeito causando problemas no trânsito principalmente na região oeste da cidade. Foram três quedas de árvore registradas, três ocorrências de falta de energia, um acidente sem vítima e outro com vítima.
 
A água ainda impede a passagem de carros em sete pontos. A avenida Francisco Matarazzo perto da avenida Pompéia e a rua Ricardo Cavatton perto da rua Hugo Dantola, na Lapa continuam encobertas. No Butantã, os motoristas não passam pela Corifeu de Azevedo Marques. Em Pinheiros, a avenida Fernando Vieira Mello também ficou coberta pela água.

 
No Vale do Anhangabaú e outras vias do centro de São Paulo, a água subiu rapidamente e supreendeu os motoristas, que tiveram que deixar os carros. O Corpo de Bombeiros entrou no túnel de bote para fazer o resgate de quem estava nos carros.

 
Os aeroportos continuaram operando normalmente.
 
Resgates de bote

 
Em Barueri, na grande São Paulo, o bairro Jardim Belval teve várias vias alagadas. A única viatura de bombeiros da cidade está no local e retira alguns moradores de bote. Esta foi a primeira vez neste verão que a água subiu o suficiente para invadir as casas no local.
 
Trens voltam a circular

 
A Linha 8-Diamante da Companhia Paulista de Trens Metropolitanos (CPTM) foi liberada depois de quase quatro horas de interdição em uma das duas linhas em consequência dos alagamentos na zona oeste de São Paulo. A circulação foi suspensa às 15h05, causando atrasos nas viagens. A Linha 7-Rubi, que circula paralelamente à linha 8, também foi prejudicada, mas voltou ao normal às 17:00hs

Corpo de homem levado por enxurrada é achado em SP

Os Bombeiros localizaram no fim da manhã de hoje o corpo de um homem que foi arrastado ontem pela água durante as chuvas em São Carlos, no interior de São Paulo. Por volta das 22h de ontem, a chuva que atingiu principalmente o Bairro Botafogo provocou o transbordamento do rio e a queda de uma ponte na estrada vicinal Cônego Washington Pêra, que faz a ligação de São Carlos a bairros rurais.
Um automóvel tentou atravessar o local e foi arrastado pela água. Uma passageira foi resgatada por populares e socorrida a Santa Casa de São Carlos. O condutor, um homem de 55 anos, foi levado pela enxurrada. Os Bombeiros não souberam informar o local onde estava o corpo.

SOLANGE SPIGLIATTI - Agência Estado

Enterro de bebê que caiu em rio é marcado por comoção e revolta

O enterro da menina Crystal, de 1 ano e 2 meses, foi marcado por comoção e revolta. As famílias da mãe e do pai da criança trocaram acusações durante a cerimônia, que aconteceu na tarde deste sábado (26), no cemitério de Inhaúma, no subúrbio do Rio.

A criança morreu na sexta (25), após sofrer um acidente de carro. O veículo caiu num rio, e ela ficou submersa por cerca de 20 minutos.
Crystal foi encontrada pelos bombeiros, que conseguiram reanimá-la. No entanto, um dia depois do acidente ela não resistiu e morreu no Hospital Miguel Couto, no Leblon, na Zona Sul do Rio. Segundo peritos do IML, o laudo com a causa da morte da menina sairá em 10 dias.
Pais passam mal em enterro

No enterro, o pai do bebê, o enfermeiro Alessandro Sabino, não falou com a imprensa. Ele passou mal e foi amparado por amigos e parentes. A mãe, Elisivane Costa, também não conseguiu conter as lágrimas e saiu do cemitério em uma Kombi da igreja que frequenta em Jacarepaguá, na Zona Oeste.
“Eu não aceito, eu quero ir com ela”, disse a mãe aos prantos ao ver o caixão da pequena Crystal. Ainda no velório, a irmã de Elisivane desmaiou e não conseguiu assistir ao enterro da sobrinha.
Segundo parentes, Crystal foi fruto de um relacionamento de três meses entre Elisivane e Alessandro. De acordo com os relatos, ele só reconheceu a menina através de um exame de DNA que comprovou a paternidade. Desde então, eles travavam uma batalha na Justiça pelo pagamento de pensão e a regularização de visitas.

Troca de acusações

A avó paterna da menina, Liziet Sabino, culpa a ex-nora pela perda da neta. Elisivane estava no carro que afundou no rio junto da filha e de outras duas pessoas. O motorista do veículo confirmou à polícia que tinha ingerido bebida alcoólica e que sua carteira de habilitação estava vencida há 8 anos. Ele foi indiciado por lesão corporal de trânsito com agravamento.
“Espero que haja a justiça de Deus para os homens. A Elisiviane está se passando de vítima e quer mudar o foco da investigação. Por que ela não ficou lá no rio procurando a filha? A vítima é quem está lá em cima”, indagou a avó.

Indiciamento do motorista
 Com a morte da neta, o avô paterno, o aposentado Neocir Pavão Faria, disse que vai pedir à polícia para mudar o indiciamento do motorista para homicídio doloso, quando há intenção de matar, já que ele assumiu ter bebido cerveja antes de dirigir.
“A partir do momento em que se dirige bêbado, se assume o risco de matar. Por isso acho que a lei e as autoridades devem ser rigorosos na punição. Perdi minha neta, uma menina linda e muito alegre”, lamentou Neocir.

A mãe da menina não falou com a imprensa durante o velório. Sua mãe, a doméstica Meire Costa, rebateu as acusações da família de Alessandro, e declarou que Crystal teve todo o cuidado e a atenção de sua filha.
“Se Deus chamou é porque tinha que ir, cada um tem sua hora. Eu fui a verdadeira avó dela”, concluiu a avó materna.

Carro em alta velocidade

Testemunhas do acidente contaram aos policiais que o motorista dirigia em alta velocidade. Na delegacia, o condutor contou que, ao fazer uma ultrapassagem, foi surpreendido por outro carro. Para evitar um acidente, ele teria desviado e acabou perdendo a direção, e caído no rio. O acidente aconteceu na Estrada do Rio Morto, no Recreio dos Bandeirantes, na Zona Oeste.
O cabo do Corpo de Bombeiros Luiz Carlos Peixoto Castellar, de 33 anos, que fez o resgate da menina, disse que foi emocionante: “Foi o resgate mais importante que já fiz”, disse. A água escura tornou o trabalho dos bombeiros ainda mais dificil.
Segundo informações do G1, em 13 anos de corporação e com a experiência de 12 anos como mergulhador, o cabo Castellar contou que é raro uma vítima sobreviver nas condições em que a menina foi resgatada.

Incêndio atinge igreja evangélica no Ibura Baixo, mas Bombeiros controlam o fogo

O incidente aconteceu neste domingo e não deixou vítimas, somente danos materiais


Da Redação do  pe360graus.com

Um incêndio atingiu uma igreja evangélica situada no Ibura de Baixo, bairro da Zona Oeste do Recife neste domingo (27). O fogo foi rapidamente controlado no início da tarde pelos Bombeiros, que não informaram as causas do incidente.
Não houve vítimas, apenas danos materiais à igreja, que é de pequeno porte e fica localizada na Avenida Dois Rios.

Adolescente se solta de boia e morre afogado em rio do litoral do Paraná

É a 12ª morte por afogamento registrada na 'Operação Verão' (2010/2011).

O lugar tinha placas de perigo, distante 5km dos guarda-vidas.

Atualizado em 27.02.2011 - 19:34

Um adolescente de 15 anos morreu afogado no Rio São João, próximo à curva do Félix, em Morretes, no litoral do Paraná. O acidente foi por volta das 12h30 deste domingo (27). De acordo com o Corpo de Bombeiros, o lugar estava sinalizado com placas de perigo, por se tratar de uma área desaconselhada para banho. É a 12ª morte por afogamento registrada na Operação Verão (2010/2011) da Polícia Militar do estado.

Jhonatan Oliveira Ferreira era de Curitiba e estava acompanhado da família. Duas pessoas tentaram o salvamento, mas sem sucesso. Quando uma ambulância e uma viatura chegaram, ele já estava morto.

Segundo informações do G1, o posto guarda-vidas mais próximo do lugar está a 5km. Jhonatan não sabia nadar e teria descido o rio com o auxílio de um “objeto flutuante não identificado”. O cabo dos Bombeiros Rogério Marcos de Souza Rames informou que pode ser um tipo qualquer de boia, como uma câmara de pneu ou até mesmo um galão.

Rames recomenda aos veranistas que respeitem a resolução da Marinha em relação à utilização de equipamentos de segurança ao descer rios.

É obrigatório usar colete salva-vidas e capacete.

27 de fev de 2011

Shopping da zona leste de SP tem princípio de incêndio

Agência Estado, 27 de fevereiro de 2011 - 18h 53

Um princípio de incêndio assustou na tarde de hoje os frequentadores de um shopping no Tatuapé, na zona leste de São Paulo. Segundo o Centro de Operações dos Bombeiros (Cobom), o fogo aconteceu na coifa de um dos restaurantes da praça de alimentação, no piso superior do Shopping Metrô Tatuapé, originando muita fumaça. Ninguém ficou ferido. A reportagem não conseguiu entrar em contato com a administração do shopping.  

Ag. do Estado: Solange Spigliatti

Após uma semana, possível corpo de jovem é encontrado

 A equipe de resgate que trabalha há uma semana nas buscas de Cristiana Reis, 20 anos, teria encontrado o corpo da jovem despareceida por volta das 12h10 deste domingo a cerca de 1 km do Rio Feitoria em Dois Irmãos. Segundo os bombeiros que trabalham no local, o corpo de uma mulher foi localizado a 11 quilômetros da Reserva Ecológica Família Lima. O local, de difícil localização, teria acesso apenas pelo rio.

Cristiana desapareceu após a forte enxurrada que devastou Santa Maria do Herval e Dois Irmãos, no final de semana passado, e vitimou o estudante Breitner Bortoluzzi Bender, de 22 anos.

Segundo Informações da Rádio ABC 900

Uso abusivo de antibióticos em infecções respiratórias.

Estudo aponta que médicos podem estar abusando do uso de antibióticos.


Muitas infecções causadas por vírus foram tratadas por profissionais da região com os medicamentos, eficientes apenas no tratamento de doenças originadas por bactérias. A prática preocupou os pesquisadores pois o abuso de antibióticos é uma das principais causas apontadas por especialistas para ao aumento da resistência de bactérias aos remédios.
O fenômeno, conhecido como pressão antibiótica ou seletiva, faz com que os organismos unicelulares deixem de ser destruídos até mesmo por "armas" fortes como as carbapenemas,
"Os dados colhidos mostram pelo menos uma área na qual antibióticos são empregados em pacientes hospitalizados sem motivo aparente", afirma explicam os autores do estudo, todos da Escola de Medicina da Universidade de Pensilvânia. "O reconhecimento dessa falha pode servir para limitar o uso inadequado dos remédios no futuro."
Nos últimos anos, novos testes para diagnósticos buscam diferenciar infecções causadas por vírus das provocadas por bactérias. Mas, de acordo com a equipe liderada por Kevin Shiley, os exames não andam surtindo o efeito esperado, ou seja, a redução do uso de antibióticos e o fortalecimento posterior das bactérias.
Pacientes com a bactéria Clostridium difficile, responsável por causar diarreia, tiveram o quadro clínico piorado com o uso prolongado de antibióticos. Para os pesquisadores, não houve benefício com a aplicação dos medicamentos.

Bombeiros implantam pulseira de identificação em crianças no período de carnaval

O Corpo de Bombeiros Militar está implantando um processo de identificação de crianças durante o desfile dos grandes blocos durante o período pré-carnavalesco em João Pessoa para garantir a segurança dos pequenos foliões. As crianças recebem pulseirinhas que constam de informações dos pais ou responsáveis, com o nome e telefone.

As pulseirinhas são distribuídas desde este sábado (26), durante o desfile do bloco dos Atletas, nos postos instalados no cruzamento das avenidas Epitácio Pessoa e Tito Silva e no busto de Tamandaré. A ação será desenvolvida também no desfile das Virgens de Tambaú neste domingo (27) e na quarta-feira (2), quando acontece o desfile do bloco Muriçoças do Miramar, que deve arrastar cerca de 400 mil pessoas.
Além dos pontos previamente determinados, o Corpo de Bombeiros também fará a distribuição das pulseirinhas na orla marítima, através da equipe do Batalhão de Busca e Salvamento, localizado na avenida Cabo Branco, trabalho que já é feito todos os fins de semana.
Plano de Segurança – A implantação das pulseirinhas para identificação de crianças faz parte do plano de segurança elaborado para o período carnavalesco, que compreende a prévia Folia de Rua e o Carnaval Tradição em João Pessoa. Até a terça-feira (8) de Carnaval serão realizadas atividades de atendimento pré-hospitalar, combate a incêndio e salvamento.
De acordo com o plano, o trabalho dos militares do Corpo de Bombeiros acontece desde a abertura do Projeto Folia de Rua com a apresentação de várias agremiações, entre elas Picolé de Manga, Confete e Serpentina, Folia Cidadã, entre outros que percorreram as ruas centrais da Capital com término no Ponto de Cem Réis.
As viaturas de resgate estão posicionadas em pontos bases no Varadouro para garantir a prevenção a incêndios, acompanhando de forma pontuada o percurso dos grandes trios elétricos. Outras viaturas fazem rondas ao longo do trajeto dos blocos e uma equipe com bote está na Lagoa do Parque Solon de Lucena, local de dispersão dos foliões durante o Folia de Rua.

O comandante do Corpo de Bombeiros Militar, coronel Jair Carneiro de Barros, disse que está sendo empregado o maior número de efetivo e, para garantir esse reforço, militares do setor administrativo participaram de treinamento aquático para trabalhar junto com a equipe do Batalhão de Busca e Salvamento.

Plantão – Além do efetivo a ser empregado especificamente no período carnavalesco, o coronel Jair informou que o plantão diário estará pronto para atender a qualquer ocorrência. “Estaremos com pessoal de plantão no quartel do Comando Geral, nos batalhões de Mangabeira e Cabo Branco e ainda a equipe de resgate do Hospital de Emergência e Trauma”, salientou.
Para o desfile do Bloco Cafuçú, que a cada ano vem crescendo em número de foliões, o Corpo de Bombeiros também montou uma atenção especial com a presença de viaturas de resgate no Ponto de Cem Réis e em frente à Catedral de Nossa Senhora das Neves. Os bombeiros se posicionarão em pontos estratégicos até que o bloco finalize seu percurso na praça Antenor Navarro.
O planejamento da segurança elaborado pelo comando do Corpo de Bombeiros foi baseado na programação distribuída pela direção da Associação Folia de Rua.

Os tipos de dores que requerem atenção médica urgente.

Ninguém gosta de sentir dor. Mesmo assim, a dor é a maneira usada pelo corpo para chamar sua atenção para algo que está errado.

Durante uma semana, é comum sentir pequenas dores ou desconfortos ocasionais, que não chegam a incomodar. São dores passageiras, com as quais você provavelmente está acostumado e até consegue identificar a origem: dores nas costas por ter carregado algum peso, desconforto no estômago por ter exarado na feijoada ou músculos doloridos devido àquela aula de ginástica mais puxada.

No entanto existem alguns quadros de dor que realmente não podem ser ignoradas. Neste guia estão reunidas tipos de dores que necessitam de atenção médica.

1. A pior dor de cabeça de sua vidaDor de cabeça




Dor de cabeça incomum, ou seja, de uma intensidade que você nunca havia experimentado, é um sinal de alerta.
Este tipo de dor de cabeça pode ser causado por aneurisma, um tipo de dilatação arterial no cérebro. A artéria dilata pode romper-se resultando em risco de vida.

2. Dor ou desconforto no peito
Dor no peito





Dores no peito podem significar infarto do coração ou uma pneumonia. Porém fique atento, alguns problemas cardíacos manifestam-se como desconforto ou peso no peito, e não somente como dor.
A dor ou desconforto do infarto do coração também pode manifestar-se ou irradiar-se para pescoço, mandíbula, ombro e braço esquerdo. Geralmente este tipo de dor vem acompanhado de suores e falta de ar.

3. Dor abdominal intensa
Dor abdominal




Uma dor abdominal intensa ou que aumenta rapidamente pode significar uma emergência médica conhecida como apendicite. O apêndice é uma pequena parte do intestino que quando inflamada provoca dores abdominais.
- O maior perigo encontra-se na possibilidade de ruptura do apêndice.
- Outras causas para dor abdominal incluem: problemas de vesícula, pâncreas, úlceras e interrupção do trânsito intestinal.

4. Dor na batata da perna
Batata da perna




Dor na perna, sem motivo de contusão aparente, acompanhada de edema (inchaço) e calor local, podem significar trombose venosa. Esta doença é causada pelo entupimento de uma veia por um trombo.
O perigo está no desenvolvimento de tromboembolismo pulmonar quando partes do trombo se soltam e dirigem-se aos pulmões.
Câncer, obesidade, imobilização prolongada, gravidez e idade avançada são fatores de risco para trombose venosa.

5. Queimação nos pés ou pernas
Pés




É estimado que 10% da população seja portadora de diabetes, sendo que metades destas pessoas desconhecem o próprio diagnóstico.
Em muitos destes indivíduos, um dos primeiros sinais de diabetes é a neuropatia periférica, que tem como sintomas a sensação de queimação nos pés e pernas.

6. Dores difusas
Dor difusa




Dores espalhadas pelo corpo que têm evolução crônica são um sintoma comum de depressão ou fibromialgia.
Estas dores muitas vezes são menosprezadas por médicos e pelos próprios pacientes, mas causam um prejuízo progressivo à qualidade de vida do paciente.
Dores que não encontram explicação em exames clínicos devem ser investigadas com maior ênfase, observando sintomas emocionais associados, tais como humor triste, irritabilidade e insônia.

Nos Estados Unidos, autismo é cinco vezes maior em meninos.

Um novo estudo da Centers for Disease Control and Prevention (CDCs) revelou que uma em cada cem crianças americanas de até oito anos possui autismo.

 De acordo com Catherine Rive, líder do estudo, o número de casos têm crescido em todos os grupos raciais.
Para ela, isto se deve a uma melhor detecção especial em grupos que antes não tinham tanta atenção – como crianças hispânicas.
Nos meninos, o autismo é cinco vezes maior do que nas meninas.
Entre as crianças, a maioria apresentou sintomas antes dos três anos de idade, porém o diagnóstico foi feito apenas após os quatro anos de idade.

Fonte: Folha de São Paulo

26 de fev de 2011

Matinhos vence disputa entre guarda-vidas

A equipe do Corpo de Bombeiros de Matinhos venceu o Troféu Elite 2011, disputado nesta sexta-feira (25), na baía de Guaratuba.

Aproximadamente 100 guarda-vidas que atuaram na Operação Viva o Verão participaram da prova de salvamento aquático.
Foram 800 metros de nado entre a Prainha e Caieiras, dos dois lados da baía.
O primeiro lugar individual ficou com o soldado Fúlvio Andrade Francisco, de Matinhos.
A competição define os representantes do Paraná no Campeonato Brasileiro de Salvamento Aquático. O Corpo de Bombeiros do Paraná é tricampeão brasileiro de salvamento aquático – 2007, 2008 e 2009.

25 de fev de 2011

Guarda-vidas disputam Troféu Elite em Guaratuba


Guarda-vidas de todo o Paraná disputam o Troféu Elite 2011 do Corpo de Bombeiros, nesta sexta-feira (25), em Guaratuba.
As aptidões serão avaliadas em uma prova de natação equipada – com uso de nadadeiras e cinto de salvamento, atravessando a baía de Guaratuba. A disputa terá largada na Prainha às 8h30 e chegada na praia de Caieiras.
Aproximadamente cem atletas participarão do evento, representando quatro equipes: Pontal do Paraná, Matinhos, Guaratuba e Paranaguá, sendo que esta última engloba também Antonina, Morretes e Ilha do Mel.

Ao término das provas, serão premiados os cinco melhores guarda-vidas de cada categoria.

Criança se afogou e foi resgatada pelos bombeiros no Recreio.

Polícia investiga se motorista estaria alcoolizado.

É gravíssimo o estado de saúde da criança resgatada após o carro em que estava cair no rio que corta o Canal do Rio Morto, no Recreio dos Bandeirantes, na Zona Oeste do Rio, por volta das 15h desta quinta-feira (24). A menina, que teria entre 1 e 3 anos, se afogou e foi reanimada pelo Corpo de Bombeiros.

Segundo a Secretaria Municipal de Saúde, a criança está no CTI Pediátrico do Hospital municipal Miguel Couto, na Zona Sul do Rio.
De acordo com a 42ª DP, o motorista do carro contou que ao fazer uma ultrapassagem, foi surpreendido por outro carro. Para evitar um acidente, ele teria desviado e acabou perdendo a direção. Entretanto, a polícia investiga se o motorista estava alcoolizado.
Segundo os bombeiros, havia quatro pessoas dentro do carro, com placa de São Paulo: o motorista, duas mulheres e a criança. O Corpo de Bombeiros também informou que há suspeita de que o motorista estivesse alcoolizado. Os bombeiros disseram que o veículo ficou totalmente submerso.
O homem teria conseguido sair do rio sozinho. Um pescador que estava próximo teria feito o resgate das duas mulheres, mas não conseguiu retirar a criança. A menina só foi resgatada depois que os bombeiros chegaram. Eles tiveram que amarrar o carro e puxar até a margem do rio. A criança foi reanimada e encaminhada a um hospital. O Corpo de Bombeiros não informou a unidade de saúde para onde a menina foi levada.

Bebê engasgou?

Mantenha a calma!!!

Clique na imagem para ampliar

Incêndio em residência mobiliza bombeiros

Incêndio registrado nesta tarde no Bairro Jardim Angélica mobilizou o Corpo de Bombeiros de Criciúma. Uma casa de dois pisos, localizada na Rua Quintino Búrigo, foi tomada pelas chamas por volta das 13h27min. Segundo membros da guarnição, a parte de cima da casa, que era de madeira, ficou totalmente destruída. Foram mais de três horas de trabalho. Ninguém se feriu. Mais de 30 mil litros de água foram utilizados.

24 de fev de 2011

Resgate do corpo de um motoqueiro que caiu dentro de um bueiro

Acidente aconteceu na madrugada, mas só pela manhã o corpo foi resgatado pelos bombeiros.

Bombeiros fizeram o resgate do corpo de um motoqueiro que caiu dentro de um bueiro, na avenida Presidente Kennedy, próximo ao Parque Zoobotânico. O acidente aconteceu na madrugada, mas somente na manhã deste domingo, o corpo foi resgatado.
De acordo com o comando de socorro dos Bombeiros, o motoqueiro deve ter perdido o controle da moto e desorientado, batendo na lateral da pista e caindo no bueiro.
Na queda, a vítima teve traumatismo craniano e foi a óbito. A perícia criminal está no local e aguarda o carro tumba do Instituto Médico Legal (IML).

22 de fev de 2011

Jovem morre afogado em forte correnteza no litoral sul de SP

Segunda-feira, 21 de fevereiro de 2011  

Um jovem morreu afogado em São Vicente, no litoral sul de São Paulo. O estudante, de 20 anos, estava perto das pedras na Praia dos Milionários, por volta das 12h desse domingo, quando pulou na água e foi surpreendido por uma forte correnteza.

As pessoas que estavam próximas do estudante gritaram para chamar a atenção do guarda-vidas. O bombeiro tentou salvá-lo, mas foi impedido pela forte correnteza.

Embarcações dos Bombeiros e o Helicóptero Águia da Polícia Militar foram acionados para auxiliar nas buscas.

O corpo do jovem foi encontrado duas horas depois do acidente.

Da Redação: cidades@eband.com.br

Mulher é atacada pelo próprio pit bull na Zona Oeste do Rio

Ela ia sair com o filho de 3 anos quando viu que o cachorro estava solto.

Bombeiros tiveram que ser chamados.


Bombeiros foram chamados para conter pit bull após ferir a própria dona (Foto: Jadson Marques/ AE)Uma mulher de 22 anos foi atacada pelo próprio cachorro da raça pit bull, nesta segunda-feira (21), na Zona Oeste do Rio. A manicure Caroline Venâncio disse que o animal sempre fica preso nos fundos da casa em Campo Grande, mas ele conseguiu se soltar.
Ela contou que ia sair com o filho de 3 anos e, por volta das 12h, percebeu que o cachorro tinha se soltado. Ela foi prendê-lo quando ele atacou.
“Eu consegui me soltar dele e entrei em casa. Minha irmã chegou no portão e eu disse para ela se afastar porque ele ainda estava solto. Ele mordeu as minhas duas mãos. A esquerda ficou mais ferida, mas não foi nada grave”, disse ela.
Caroline contou que já está com o animal há 4 anos. “Ele nunca atacou ninguém. Ficava sempre na coleira. A gente não sabe como ele se soltou”, falou.
O Corpo de Bombeiros foi chamado e foram necessários pelo menos quatro agentes para conter o pit bull. A assessoria da corporação informou que foi usado um enforcador (um cabo com uma tira de lona).
Caroline disse ainda que ela foi a um hospital, foi medicada e foi feito um curativo na mão esquerda. Ela informou que a orientação da médica é observar as reações do cachorro por 10 dias. A manicure disse que na terça-feira (22) irá a um posto de saúde para tomar a vacina anti-rábica.

"Vou ficar com ele por cerca de 10 dias para ver as reações dele. Sei que ele pode até morrer se estiver com raiva. Mas caso ele fique bem, vou me desfazer dele por causa do meu filho pequeno", explicou ela.

Bombeiros registram chamados de ilhados e quedas de árvores em SP

"Botes foram usados para resgatar pessoas em áreas alagadas"

 Foto: Reprodução/TV Globo

Foram 119 chamados de árvores caídas até as 16h, segundo a corporação.
Bombeiros fazem resgate de homem ilhado O Corpo de Bombeiros registrou até as 16h 119 chamados de quedas de árvores em São Paulo durante a chuva que deixou parte da cidade debaixo d'água. Toda a capital foi colocada em atenção devido aos temporal. Dois córregos e um rio transbordaram.

Os bombeiros também atenderam chamados de pessoas ilhadas e fizeram resgates em vias alagadas. Foi pedido o auxílio do helicóptero Águia, da PM, para ajudar no salvamento de pessoas ilhadas na região do Tamanduateí.

 (Para mais informações sobre o trânsito em São Paulo, você pode acompanhar as câmeras do G1, em vídeo, ou consultar a tabela com as condições das principais vias.)

Às 16h30, a cidade tinha 68 km de congestionamento, índice bem acima da média para o dia e para o horário.

Toda a cidade de São Paulo foi colocada em estado de atenção às 14h30 pelo CGE. A região do Jaçanã/Tremembé ficou em estado de alerta por 40 minutos devido ao transbordamento do Córrego Tremembé. A Subprefeitura do Ipiraganga entrou em estado de alerta às 14h40 por conta do extravasamento dos córregos do Ipiranga e do Rio Tamanduateí e só saiu às 16h30.

Desabamento deixa feridos na Zona Sul de SPA chuva prejudicou a circulação de trens entre a a capital e municípios vizinhos. As estações Luz e Brás da CPTM ficaram fora de operação. Foi acionado o sistema PAESE com o Metrô, na Estação Tatuapé, na Linha 3-Vermelha.

Os trens da Linha 10-Turquesa (Brás – Rio Grande da Serra) circulavam entre as estações Mooca a Rio Grande da Serra. Os trens da Linha 11-Coral (Luz-Guaianazes - Estudantes) circulavam entre as estações Tatuapé a Guaianazes, e de Guaianazes a Estudantes. Os trens da Linha 12-Safira (Brás-Calmon Viana) circulavam entre as estações Tatuapé e Calmon Viana.

 Os passageiros das linhas 11-Coral e 12-Safira faziam a transferência gratuita na estação Metrô Tatuapé. A Estação Jardim São Paulo do Metrô, na Linha 1- Azul (Jabaquara-Tucuruvi) ficou fechada entre as 14h58 às 16h02. De acordo com o Metrô, a estação ficou fechada por causa do alagamento dos acessos. Durante o período os trens deixaram de parar para embarque e desembarque na estação. Os passageiros foram orientados a usar as estações Santana e Parada Inglesa. As linhas 1, 2 e 3 do Metrô operavam com restrição de velocidade

Árvore cai na Avenida Tancredo Neves devido à chuva

 Foto: Reprodução/TV Globo

Segundo o CGE, por volta das 16h30, havia 24 pontos de alagamento na cidade. Algumas vias se transformaram em rios, como Avenida Teresa Cristina, no Ipiranga, uma das regiões mais afetadas. Na avenida, ao menos dez carros ficaram submersos.


Segundo a Companhia de Engenharia de Tráfego (CET), cerca de 40 semáforos apresentaram problemas.

Desde o início desta manhã houve predomínio de sol e, segundo o CGE, por volta do meio-dia os termômetros registravam 30°C. A previsão é que áreas de instabilidade ocasionem chuvas fortes, com rajadas de vento e possibilidade de granizo.

O Aeroporto de Congonhas, na Zona Sul de São Paulo, teve de ser fechado das 14h19 às 15h para pousos e decolagens por causa do mau tempo, de acordo com a Empresa Brasileira de Infra-Estrutura Aeroportuária (Infraero). Às 15h35, operava por instrumentos. Apesar de a chuva também atingir Guarulhos, na Grande São Paulo, o aeroporto de Cumbica permanecia operando sem o auxílio de instrumentos.

Teto de shopping

A chuva forte acompanhada de ventos provocou o desprendimento de duas telhas de acrílico que cobriam uma das cancelas do estacionamento do shopping SP Market, na Zona Sul de São Paulo. Segundo a assessoria do shopping, não houve feridos nem danos a veículos. O acidente não afetou o funcionamento do centro de compras.

 Reforço nas ruas

Mais de 760 agentes da CET foram deslocados para monitorar locais com maior possibilidade de alagamentos. São 61 pontos pré-fixados de observação, onde normalmente ocorrem pontos de alagamento, além das bacias dos rios Tietê, Pinheiros, Tamanduateí e dos córregos Pirajussara, Aricanduva e Ipiranga e do Túnel Anhangabaú.

 Os agentes e operadores da CET foram enviados às ruas para efeutar bloqueios e desvios em ruas alagadas; ajustar semáforos apagados por falta de energia e acionar equipamentos e operações especiais de trânsito para que as chuvas e problemas ocasionados por elas não coloquem em risco pedestres e motoristas.

 Queda de árvore foi registrada no Paraíso

 Foto: Natália Aline Magrini Rosa/VC no G1


21 de fev de 2011

Copa 2014 - Corpo de Bombeiros traça metas de melhoria

Visando a realização da Copa de 2014 em Natal, o Corpo de Bombeiros Militar do Rio Grande do Norte (CBMRN) está traçando metas de melhoria nos serviços de segurança pública. Atendendo a orientações da Secretaria de Estado da Segurança Pública e da Defesa Social, o Coronel Elizeu Lisboa Dantas, Comandante Geral dos Bombeiros, convocou todos os oficiais da corporação para tratar do assunto, na última sexta-feira, e apresentou o cronograma de ações a serem realizadas nos próximos dias que formarão a primeira parte dos encaminhamentos. Os projetos beneficiarão as áreas de Natal, Região Metropolitana e Mossoró.
Cerca de 50 oficiais participaram da reunião que traçou 11 metas de melhorias. Os profissionais foram divididos em 11 grupos e cada grupo ficará responsável por um projeto. Eles terão até a próxima sexta-feira (25) para apresentar uma minuta dos projetos prioritários. De acordo com o Coronel Elizeu Dantas, as orientações dadas pela Secretaria de Segurança pública mobilizará todos os oficiais da instituição. "Nos empenharemos ao máximo para tornar a Copa de 2014 uma realidade em nossa cidade. Com a concretização destes onze projetos iremos fazer do Estado do RN uma referência no que tange à Segurança Pública no país", declarou.

As metas envolvem a construção e estruturação de Batalhões Operacionais de Combate a Incêndio, de Busca e Salvamento e de Prevenção e Defesa Ambiental, bem como de Companhias Operacionais de Salvamento Aquático, Batalhões de Resgate e Urgências Médicas e unidades operacionais em Mossoró. Além dessas, também estão inclusas as ações de construção do Centro Superior de Formação e Aperfeiçoamento (CSFA), da melhoria estrutural na atual edificação do Serviço Técnico de Engenharia (Serten) e do aparelhamento e construção da sede da Defesa Civil Estadual.
O Corpo de bombeiros também deverá contar com a aquisição de viaturas operacionais, administrativas e aeronave para atender todo o Estado e de equipamentos de combate a incêndios. No tocante a melhoria de pessoal, os projetos são de investimentos na formação e capacitação no Centro Superior de Formação e Aperfeiçoamento (CSFA).

20 de fev de 2011

Lancha vira e uma pessoa desaparece nas águas do Guaíba

Uma lancha com três pessoa virou, na tarde deste sábado, no rio Guaíba, na zona Sul de Porto Alegre. De acordo com o Grupo de Busca e Salvamento do Corpo de Bombeiros da Capital, duas pessoas foram resgatadas, mas uma está desaparecida. Segundo os bombeiros, o trio teria caído da embarcação que prosseguiu desgovernada pelas águas.
Os homens resgatados foram identificados pelos bombeiros como Roger Werner Hierta, de 56 anos, e Edson Nunes Cunha Júnior, de 53 anos. O desaparecido seria Ricardo Gimenes, dono da lancha que já foi recuperada.

Além dos bombeiros, Marinha e grupamento aéreo participaram das buscas iniciais ao homem desaparecido. Como as vítimas não têm certeza de onde ele caiu, a área é muito extensa e venta muito, os trabalhos de resgate foram encerrados logo após as 16h.

As informações são de Jerônimo Pires e Renato Araújo
Fonte: Rádio Guaíba e Correio do Povo

Bombeiros encontram corpos no Rio da Madre, em Palhoça, Grande Florianópolis

O garoto de 15 anos e o homem de 60 se afogaram por volta das 15h30
Uma equipe do Grupamento de Busca e Salvamento (GBS) do Corpo de Bombeiros encontrou neste sábado, por volta das 18h, os corpos das duas pessoas que estavam desaparecidas no Rio da Madre, em Palhoça, Grande Florianópolis.
De acordo com o sargento Ricardo Nildo da Silva, o Corpo de Bombeiros foi acionado por volta de 15h30min deste sábado. Várias pessoas estavam no local, distante aproximadamente dois quilômetros da praia da Guarda do Embaú, quando o resgate chegou.

Segundo informações repassadas por testemunhas ao sargento, os dois afogados seriam Leandro Araújo, de 15 anos, e João Batista Pereira, de 60 anos.
As testemunhas disseram aos bombeiros que o adolescente entrou no rio e começou a se afogar. Em pânico, pediu socorro. Pereira teria tentado salvar o rapaz, atirando para ele uma pequena prancha. O local tem cerca de dois metros de profundidade.
Como o jovem não conseguiu segurar a prancha, Pereira teria pulado no rio para tentar resgatá-lo e acabou se afogando.
Fonte: DIÁRIO CATARINENSE

Três crianças ficam feridas em incêndio na zona sul de Porto Alegre

Uma das vítimas está em estado grave:

Três crianças ficaram feridas — uma delas em estado grave — em um incêndio ocorrido na manhã deste sábado na Vila Teletubbies, no bairro Chapéu do Sol, na zona sul de Porto Alegre.


As vítimas foram encaminhadas à unidade do Hospital Moinhos de Vento na Restinga. O fogo destruiu totalmente uma residência de três peças e parcialmente outra de cinco cômodos.

19 de fev de 2011

Corpo de Bombeiros encontra corpo de homem que trocou tiros com a PM em Gaspar

"Cadáver estava boiando na água, próximo à área central da cidade"

O Corpo de Bombeiros encontrou na manhã deste sábado no Rio Itajaí-Açu o corpo de um dos homens que trocou tiros com a Polícia Militar (PM) na tarde da última quarta-feira em Gaspar. Conhecido apenas como Jamaica, segundo a PM, ele tentou nadar de um lado ao outro do rio, mas desapareceu nas águas. O cadáver estava boiando na água próximo à área central da cidade.

Os bombeiros informaram que ele estava com um revólver na cintura com quatro munições intactas. Ele ainda não foi identificado. Jamaica, dois adolescentes e Douglas Siqueira da Costa, 19, foragido do Presídio Regional de Blumenau, estavam na Rua Emma Reinert, Bairro São Pedro, em Gaspar, quando foram avistados pelos policiais, que tinham recebido uma denúncia sobre o grupo.

Os quatro ocupavam um Chevette com placas de Blumenau. Quando perceberam a movimentação, fugiram para a BR-470 andando na contramão e pelo acostamento. Ao chegarem na Rua Luiz Franzoi, jogaram o carro contra uma viatura da PM e ainda atingiram outros veículos. Com a colisão, eles entraram no matagal e Jamaica e Costa se jogaram no Rio Itajaí-Açu.

Um adolescente de 16 anos foi detido no local. Outro jovem estava com um revólver e ao apontar a arma para os policiais, levou um tiro no braço, sendo conduzido ao Hospital de Gaspar. Costa conseguiu atravessar o rio e foi preso dentro de uma casa na Rua Inês Baron. Mais dois jovens de 18 e 20 anos foram detidos pelos policiais por auxiliar na fuga de Costa.

Fonte:  JORNAL DE SANTA CATARINA

Três crianças ficam feridas em incêndio

Criançasr ficam feridas em incêndio na zona sul de Porto Alegre


Uma das vítimas está em estado grave
Três crianças ficaram feridas — uma delas em estado grave — em um incêndio ocorrido na manhã deste sábado na Vila Teletubbies, no bairro Chapéu do Sol, na zona sul de Porto Alegre.

As vítimas foram encaminhadas à unidade do Hospital Moinhos de Vento na Restinga. O fogo destruiu totalmente uma residência de três peças e parcialmente outra de cinco cômodos.

Um salvamento a cada 12 minutos na orla do Rio

Bombeiros suam a camisa para evitar tragédias no mar e conquistam banhistas

Rio - Praias lotadas e sol forte não são só sinônimo de diversão no agitado verão carioca. Domingo passado, só em Copacabana, os bombeiros suaram com a média de cinco salvamentos por hora, equivalentes a 1 a cada 12 minutos. A área mais perigosa fica entre os postos 2 e 3, devido à maior concentração de banhistas. Vários pontos da Barra também estão entre os mais arriscados. As vítimas são, na maioria, rapazes entre 16 e 25 anos, “com excesso de confiança”, segundo os salva-vidas, que acabam conquistando não só a gratidão dos resgatados como o coração das banhistas.


“O pessoal acha que os locais de ondas menores são mais seguros, independente da placa proibindo o banho. Só que ali geralmente há correnteza e valas. É melhor mergulhar onde há banco de areia”, pondera o coronel Cláudio Nicácio.


Mesmo com o perigo, os incansáveis heróis do mar já são responsáveis por uma redução considerável no número de afogamentos no Rio. Enquanto em 2009 foram registradas 22 mil ocorrências e 20 mortes em todo o estado, em 2010, os números caíram para 16.375 e 10. Os três meses do verão concentram 40% dos incidentes.


Da lancha, o tenente Felipe, que há dois anos trocou o fogo pela água, observa a praia de Copacabana: ‘Somos chamados quando o acesso é difícil’
Foto: Paulo Alvadia / Agência O Dia


“Chego aqui às 6h e só vou embora às 20h. O dia é agitado, a gente acaba sendo segurança de tudo que acontece na praia: criança perdida, roubo, gente passando mal, brigas, esportes que incomodam os outros. Enquanto salvamos alguém, às vezes já tem outro pedindo ajuda”, conta o bombeiro Hiorran Matos, 20 anos. “O bom é que as pessoas salvas ficam agradecidas e voltam para conversar. Tem também muita mulher dando em cima, dizendo que vai se afogar para gente salvar”, diverte-se.


Para a colega Amara Mesquita, 26, a parte mais difícil é encarar o inverno na areia: “Ficamos sozinhos. Não tem ninguém para conversar”. Ela pelo menos conta com o apoio do namorado ciumento, que, segundo ela, faz visitas-surpresas para ‘patrulhar’ seu trabalho.


Crianças são 15% dos afogados


Os pais precisam ficar atentos: até 15% dos afogados são crianças. Além disso, em dia de praia cheia, estima-se que 1.200 menores se percam dos pais na Zona Sul, Barra da Tijuca, Recreio, Grumari e Barra de Guaratiba. No ano passado, foram mais de 15 mil crianças perdidas em todo o estado.


Na tarefa de vigiar, os responsáveis contam com a ajuda dos 1.200 bombeiros do estado. Eles têm à disposição três helicópteros e 10 lanchas. Algumas delas pilotadas pelo cabo Ramon Rangel, 30, e o 1º tenente Felipe Machado, 31, que trocou o fogo pela água há dois anos. “Somos chamados quando o acesso está difícil ou a vítima está em estado grave”.

Uruguai cria brigada de prevenção de incêndios com presidiários

Projeto com início em Rocha será levado para outras regiões
Um grupo de presos no Uruguai começou a trabalhar nas brigadas de prevenção contra incêndios na cidade de La Paloma, no departamento (Estado) de Rocha, na fronteira com o Brasil.

O projeto utilizando presidiários será levado ainda para outras regiões do país, com os Estados de Maldonado e Canelones.
A medida faz parte do pacote de reformas na área de segurança pública que vêm sendo debatidas no país desde que o presidente José 'Pepe' Mujica assumiu a Presidência, em março de 2010.
No total, segundo o jornal El Pais, de Montevidéu, o governo espera usar mais de dois mil presos, com penas leves e boa conduta, em diferentes programas que tenham como objetivo prepará-los para algum tipo de trabalho quando forem libertados.
"O trabalho reabilita" é o lema do governo, informaram à BBC Brasil assessores do Ministério do Interior. O coordenador geral do Sistema de Emergências, Gustavo Leal, disse que a tarefa dos presos que vão trabalhar na prevenção contra incêndio será "a poda de árvores e melhorias nas áreas com alto risco de incêndio florestal".

Os presos que quiserem e atenderem às exigências do governo vão trabalhar três meses, seis horas por dia, e receberão um pagamento mensal, de 3,7 mil pesos (cerca de R$ 310), que será depositado em uma poupança.

Cada um dos primeiros três grupos de presos, disse Leal, é formado por 20 detentos, entre homens e mulheres. Eles trabalharão acompanhados por agentes penitenciários.
Por cada dia trabalhado, segundo a imprensa local, o preso terá um dia a menos na cadeia. Em um censo recente, de janeiro deste ano, autoridades uruguaias constataram que o país de três milhões de habitantes tem 9.100 presos.
Profissionalização:

Em janeiro do ano passado o país tinha uma população carcerária de 8.700. Mais de 60% dos presos são reincidentes, o que contribuiu para a discussão sobre a profissionalização dos detentos.

"O governo Mujica entende que eles precisam sair preparados e com uma opção de trabalho. O dinheiro também ajuda o novo início de quem sai da cadeia", disse o assessor de imprensa do Ministério do Interior, Fernando Gil.
O diretor do Instituto Nacional de Reabilitação (INR), Eduardo Pereira Cuadra, disse ao jornal uruguaio que já existe a lista com os 2.160 presos que "poderão ser liberados" a partir de um projeto de lei que também será enviado ao Congresso, prevendo medidas para o "descongestionamento" do setor penitenciário.
A idéia de incluir os presos nas brigadas de prevenção contra incêndio é só uma das medidas na área de segurança pública. BBC Brasil - Todos os direitos reservados. É proibido todo tipo de reprodução sem autorização por escrito da BBC.

PM confirma que instrutor e aluno ficaram feridos em acidente aéreo

Equipe do Centro Integrado de Operações Aéreas (Ciopaer), Corpo de Bombeiros, Polícia Militar e Samu fizeram, no fim da manhã, o resgate de duas pessoas vítimas de um acidente aéreo no município de Santo Antônio do Leverger (30 km de Cuiabá). De acordo com informações do Ciopaer, a aeronave monomotor prefixo PTABX, usada em instrução, teria caído logo após a decolagem, a cerca de 70 metros da cabeceira da pista do aeroporto de Santo Antônio do Leveger.
Estavam a bordo da aeronave um instrutor, Ricardo Alcântara da Silva, e um aluno, Anderson Marcos Gazotto. O aluno sofreu fratura no fêmur e foi levado pelo helicóptero águia 03 do Ciopaer ao Pronto Socorro Municipal de Cuiabá (PSMC). O instrutor Ricardo Alcântara sofreu ferimentos leves e foi encaminhado ao pronto socorro por uma ambulância do Samu. Uma equipe da Agência Nacional de Aviação Civil (Anac) e da Polícia Judiciária Civil foram acionadas para investigar as causas do acidente.

Fonte: Só Notícias com assessoria

18 de fev de 2011

Bombeiros do Paraná resgatam dois corpos; um é vítima das chuvas

O Corpo de Bombeiros do Paraná localizou dois corpos no rio Barigui nas últimas horas. Um deles é do pedreiro Josni Alciloback, de 31 anos, que estava desaparecido desde segunda-feira (14), quando caiu de um barco durante fortes chuvas. Ele foi localizado por um morador da Cidade Industrial de Curitiba (CIC), nas imediações das moradias Beloar, no final da tarde de ontem (15), preso em uma das margens do rio.


15/02/2011 - Dois homens estão desaparecidos em rio do Paraná



De acordo com a rádio Banda B, o segundo corpo foi localizado no mesmo rio mas em outro município e, devido o estado de putrefação, não se trata de Rafael Esteves Fernandes que também caiu do barco junto com Josni e permanece desaparecido. Os dois teriam saído de barco para ajudar pessoas que estavam ilhados devido ao temporal de segunda-feira. Uma forte enxurrada teria tombado o barco, fazendo com que eles fossem levados pela forte correnteza.

O corpo encontrado na manhã desta quarta-feira (16) foi retirado das águas do mesmo rio no município de Araucária, na Região Metropolitana de Curitiba (RMC). Segundo os bombeiros que participaram do resgate, o corpo estava no rio há pelo menos 30 dias, o que descarta a possibilidade de pertencer a uma das vítimas da chuva.
O corpo foi encaminhado ao Instituto Médico Legal de Curitiba (IML), onde aguarda reconhecimento.

Informações da rádio Banda B

Mulher morre após ter casa incendiada no Oeste

Andreia Vengrandi, moradora de Céu Azul (51 km a oeste de Cascavel), não resistiu as queimaduras sofridas durante um incêndio na tarde desta terça-feira (15), em sua residência, e morreu no Hospital Universitário de Cascavel, às 5 horas da madrugada desta quarta-feira (16).
O fogo teve início na sala. Há informações de que Andreia, que estava sozinha na casa, já havia saído do imóvel quando o fogo começou, mas resolveu voltar para buscar alguma coisa. Foi quando as chamas se alastraram.

As causas do incêndio ainda são desconhecidas.

A polícia de Cascavel está investigando o caso.

CBMSC cria Força Tarefa para atuar no pronto atendimento de desastres naturais

Florianópolis (16/2/2011)

- A criação de um Grupo de Força Tarefa, para atuar no pronto atendimento a desastres naturais, foi ativado pelo comandante geral do Corpo de Bombeiros Militar (CBMSC), José Luiz Masnik, em cerimônia, nesta quarta-feira (16). A equipe será composta por 58 bombeiros, 15 viaturas, cinco reboques com quadriciclo, 10 reboques com embarcação e 18 cães. "A Força Tarefa do Corpo de Bombeiro Militar de Santa Catarina é a combinação de diferentes recursos operacionais e logísticos constituída para a tarefa tática específica", disse coronel Masnik.

Divididos por batalhões em diversas regiões do Estado, os doze grupos de Força Tarefa estão em fase de formação, com doze bombeiros cada. O treinamento visa à atuação completa e efetiva dos bombeiros militares, em operação de reforços por prazo indeterminado. "No momento em que cada vez mais o Estado tem sofrido com desastres naturais, e que Santa Catarina se destaca por um histórico de grandes catástrofes, é importante que haja um atendimento diferenciado e emergencial", afirmou secretario de Segurança Publica e Defesa do Cidadão, César Augusto Grubba.

Devido à sucessão de desastres ocorrida no Estado durante os últimos anos, o Corpo de Bombeiro Militar, cumprindo sua missão constitucional, busca ajustar e modernizar sua estrutura para a promoção de respostas rápidas para essas emergências em todo o território catarinense. Formados no padrão de normas internacionais, adaptados a necessidades do Estado, o modelo adotado seleciona e forma os bombeiros militares para a Força Tarefa em 14 áreas especializadas de conhecimento. "A organização da Força Tarefa do Corpo de Bombeiros foi uma necessidade que sentimos após os desastres ocorridos no Estado em 2008", declarou Masnik.
Após a cerimônia, o CBMSC apresentou uma simulação de três cães treinados para operações de resgate em soterramento por escombros, soterramento em meio à lama e localização de amostra de tecido humano.

15 de fev de 2011

Instalação de Corpo de Bombeiros em LM depende de efetivo


Uma reunião foi realizada nesta manhã em Lauro Müller para tratar da instalação de uma unidade do Corpo de Bombeiros Militar no município. De acordo com o comandante regional, o que está emperrando o processo é a falta de pessoal para trabalhar. "Uma viatura e seis homens estão disponíveis para instalar a unidade de Lauro Müller. Porém, o ideal seria quinze bombeiros efetivos", ressalta João Carlos Leão.
O prefeito deve agendar nos próximos dias uma reunião em Florianópolis com o comandante-geral do Corpo de Bombeiros Militar de Santa Catarina, coronel José Luiz Masnik, para reivindicar o efetivo necessário para que o Corpo de Bombeiros possa atuar no município.

Informações de Samuel Madeira

Menina de 12 anos morre arrastada pela correnteza no PR;

Uma menina de 12 anos morreu arrastada pela água da chuva, por volta das 19h30 desta segunda-feira (14), em Almirante Tamandaré, Região Metropolitana de Curitiba.

Segundo informações da Defesa Civil, a menina voltava da escola acompanhada de outra criança, quando foram arrastadas pela correnteza de um rio próximo ao trajeto. Estavam envolvidos no resgate cerca de 30 pessoas, dentre elas, soldados do Corpo de Bombeiros e Policiais Militares.
A outra menina, de oito anos, foi salva por um dos moradores e encaminhada por volta das 17h ao Posto de Saúde 24h do Cachoeira, no município de Almirante Tamandaré. Ela foi liberada e passa bem.
A Defesa Civil do Paraná informou que até 19h desta segunda-feira(14), foram registrados seis pontos de alagamentos em Curitiba, dois pontos em Almirante Tamandaré, um em Campo Largo e outro em Campo Magro. De acordo com a Defesa Civil de Curitiba, às 19h desta segunda-feria (14) ainda existiam 33 ocorrências em aberto.

Crianças são atropeladas na zona sul da capital

Polícia Militar foi acionada para ajudar no resgate às vítimas


• Duas crianças e dois adultos foram atropelados na rua Guilherme Valente, no Jardim São Luis, Zona Sul de São Paulo, por volta das 19h desta segunda-feira (14).


• O Corpo de Bombeiros foi acionado e enviou duas viaturas para o local.


• O helicóptero Águia-14, do Grupamento Aéreo da Polícia Militar, foi chamado às 19h05 para dar ajudar no resgate.


Fonte de Pesquisa:  (R7, com Agência Record)

13 de fev de 2011

Banhando-se em área proibida, homem morre afogado

Luiz Carlos Silveira, 57 anos, quera morador de Campina Grande do Sul, na região metropolitana de Curitiba, morreu afogado na tarde deste sábado (12), por volta de 16 horas, em Guaratuba.
Segundo o Corpo de Bombeiros do litoral, Luiz Carlos tinha chegado à praia no início da tarde de sábado e estava no mar com a esposa e o cunhados. Os três se banhavam em um local sinalizado por um placa de perigo e por uma bandeira preta que indica área não vigiada por guarda-vidas.
O local do afogamento foi entre os postos Coroados e Barra do Saí.
Pessoas que passavam pelo local conseguiram socorrer a mulher e o cunhado de Luiz Carlos e chamaram os guarda-vidas. Quando a equipe de salvamento chegou, fez buscas mas, já encontrou o homem sem vida, em parada cardiorespiratória.
Procedimentos de reanimação foram realizados ainda na areia. Uma ambulância chegou a ser deslocada para o local para auxiliar nos procedimentos de reanimação e posterior transporte, porém, a vítima não resistiu.
O corpo foi encaminhado inicialmente ao Pronto Socorro Central em Guaratuba e posteriormente ao IML de Paranaguá.
Esta foi a décima morte por afogamento no litoral paranaense desde o início da Operação Verão, em 11 de dezembro de 2010.

Salva-vidas femininas se destacam nas praias do Rio


Nas praias lotadas do verão carioca, uma figura se destaca: a dos salva-vidas, responsável pelo resgate dos afogados. Mas quem pensa que só tem homem fazendo o trabalho está enganado. A mulherada, devagarzinho, está ocupando seu espaço. Entre os mil salva-vidas, já são sete mulheres trabalhando nas areias do Rio e chamando a atenção da galera, principalmente dos homens!
Os homens ainda estranham quando é uma mulher realizando o salvamento. Quando chegamos à areia, eles acabam sendo sacaneados pelos amigos — conta a soldado Amara Velloso, guarda-vidas (nome técnico da profissão) no Posto 8, em Ipanema.

Em um dia de praia lotada, elas chegam a realizar 60 salvamentos no mar. A maioria dos afogados são turistas e a galera que bebeu um pouquinho a mais. Mas não é só nessa hora que os marmanjos dão trabalho para as meninas. Quando estão na areia, as salva-vidas ouvem piadinhas e cantadas no tipo "Se eu me afogar você me salva?" ou "Tô precisando de respiração boca a boca".
O sonho dos homens e ver no salvamento a Pamela Anderson (atriz do seriado americano S.O.S Malibu). A gente leva muita cantada boba. No dia em que alguém falar alguma coisa diferente, de repente vou até reparar — conta a tenente Amanda Cavalheiro, que trabalha em diversos postos na Zona Sul.
Além do processo de admissão nos Bombeiros, todas as salva-vidas passam pelo Curso de Salvamento no Mar igualizinho aos homens. A preparação dura sete meses e inclui treinos no inverno no mar com ondas de cerca de três metros.

Bombeiros registram décima morte por afogamento na temporada

Os bombeiros no Litoral do Estado registraram na tarde de sábado a décima morte por afogamento da temporada. Um homem de 57 anos, morador de Campina Grande do Sul, teria entrado no mar dentro de uma faixa perigosa e se afogado. A vítima ainda foi socorrida pelos salva-vidas, tirada da água, mas não resistiu.

O afogamento ocorreu por volta das 16 horas, entre os postos Coroados e Barra do Saí. A vítima havia chegada na mesma tarde ao Litoral, e entrou no mar juntamente com sua esposa e seu cunhado em uma localidade sinalizada por placas de perigo e por bandeira preta, que indica área não vigiada por guarda-vidas. Eles foram arrastados pela corrente e começaram a se afogar.

Pessoas que passavam pela região auxiliaram no resgate de duas das três vítimas e avisaram os guarda-vidas do posto Coroados que passaram a fazer buscas na região com auxilio também de uma moto aquática. A terceira vítima foi encontrada após alguns minutos de busca, já em parada cardiorespiratória. Procedimentos de reanimação foram realizados ainda na areia. Uma ambulância chegou a ser deslocada para o local para auxiliar nos procedimentos de reanimação e posterior transporte, porém a vítima não resistiu.
O corpo foi encaminhado inicialmente ao Pronto Socorro Central em Guaratuba e posteriormente ao IML de Paranaguá. O Corpo de Bombeiros orienta os banhistas a buscarem sempre as áreas protegidas por guarda-vidas, pedir orientações sobre os riscos e que atentem para as placas de sinalização.

Bombeiros encontram corpo de criança que caiu em piscinão de São Paulo

O Corpo de Bombeiros de São Paulo encontrou, na tarde deste sábado, o corpo de menino de 10 anos que caiu em um piscinão na Avenida Aricanduva, Zona Leste paulista.
Para facilitar o resgate, os bombeiros decidiram acionar as bombas de sucção para diminuir o nível da água, antes de entrar no piscinão. Com a forte chuva desta sexta, a água chegou ao limite máximo, de 15 metros de altura.
De acordo com os moradores, a criança estava brincando em uma rua ao lado do piscinão e foi ao local pegar a bola. Mas o Corpo de Bombeiros acredita na versão de que o menino deve ter caído enquanto brincava em uma rampa ao lado de um shopping. A rampa foi arrastada com a chuva.

Operários feridos em queda de andaime estão em estado grave



Dois dos sete operários que se feriram após o andaime em que estavam cair em um prédio em construção em Guarulhos, na Grande São Paulo, estavam internados em estado grave em um hospital na noite deste sábado (12). O acidente aconteceu na Rua Nossa Senhora Mãe dos Homens, durante a manhã. Inicialmente, os bombeiros informaram que seis pessoas ficaram feridas. O número, porém, foi corrigido pela corporação.
Os funcionários trabalhavam na obra quando o andaime cedeu devido ao peso excessivo e caiu de cerca de 8 metros. Três unidades dos bombeiros e três unidades do Samu ajudaram no resgate dos feridos.

Em nota, a construtora Gafisa, responsável pela obra, afirmou que as causas do acidente são apuradas e que “prestará toda a assistência às vítimas”. O comunicado acrescenta que o canteiro estava “de acordo com as normas técnicas vigentes, tendo, inclusive, implementado adequações e melhorias, em atendimento ao Ministério Público e Ministério do Trabalho”.

Três crianças são salvas de um incêndio na zona oeste

Três crianças são salvas de um incêndio na zona oeste


Meninas de dez meses, um ano e cinco anos estavam sozinhas em casa

...Três meninas, de dez meses, um ano e cinco anos, foram salvas pelos bombeiros de um incêndio que atingiu um apartamento na rua Aroeiras, em Ricardo de Albuquerque, na zona oeste do Rio de Janeiro, na tarde deste sábado (12).
As crianças estavam sozinhas em casa quando o fogo se propagou. Elas não sofreram queimaduras mas inalaram muita fumaça e foram levadas para o hospital Carlos Chagas, em Marechal Hermes, na zona norte.
A polícia deverá encaminhar as três para o Conselho Tutelar. Ainda não se sabe o que provocou o incêndio

PR: adolescente salva irmãos após carro da família cair da ponte

12 de fevereiro de 2011 • 12h23

Um carro com cinco pessoas de uma mesma família caiu de uma ponte no municio de Enéas Marques, região Sudoeste do Paraná. Os pais morreram no local, mas os três filhos do casal conseguiram se salvar, segundo informações do Corpo de Bombeiros de Francisco Beltrão. O acidente aconteceu por volta das 1h30 da madrugada deste sábado.
O pai estava dirigindo, quando perdeu o controle do veículo, próximo a ponte. Após o acidente, o filho mais velho, de 16 anos, ajudou a socorrer os irmãos mais novos - de 7 e 4 anos. Moradores da região também ajudaram enquanto o resgate era acionado.
Segundo os bombeiros, os três irmãos estão em observação no hospital, com escoriações.

Incêndio no Rio de Janeiro deixa 22 desabrigados no Grajaú

12 de fevereiro de 2011 • 15h55
Um incêndio em uma oficina na Rua Borda do Mato, na altura do número 397, ocorrido por volta das 22h30 desta sexta-feira, destruiu também uma loja de estofamento e 6 barracos vizinhos, deixando 5 famílias desabrigadas com 15 adultos e 7 crianças.

De acordo com Eduardo Pereira Barbosa, 47 anos, presidente da Associação de Moradores de Vila Rica, que fica na altura do número 416, na mesma rua, a Defesa Civil e funcionários da SMAS (Secretaria Municipal de Assistência Social) estão prestando atendimento às vítimas.

Eduardo informou que os desabrigados são: Eliana de Andrade, Janaína fabiana Germano da Silva (e seus filhos Felipe Germano da Silva, Janaína Germano da Silva, Cauã Germano da Silva e Fabiano Henrique Germano da Silva), Fernando da Cruz Ribeiro, Jaílson Etelvino da Silva ( e seus filhos Jaílson Etelvino de Lima, Venício de Lima Silva e Rebeca de Lima Silva), Maria José de Lima, José Marciano de Andrade, Ana Torgato da Silva, Márcio Pachiega Lopes, Marcos Henrique Lacerda de Souza, José Arcanjo Alves, César Rodrigues Camilo, Milton Lopes, Maria Conceição Silva de Souza, João Carlos da Silva Barbosa e Adir Soares Martins
Segundo o subprefeito da Grande Tijuca, Gustavo Trota, estes moradores já tinham sido notificados no final do ano passado de que estavam fazendo ocupação irregular do solo e, alguns deles, realizando atividade econômica irregular e que precisariam desocupar o local.

12 de fev de 2011

Criança cai em piscinão na Zona Leste de SP

Do G1 SP

Um menino de 10 anos que brincava com uma bola caiu em um piscinão na Avenida Aricanduva nesta sexta-feira (11).

Segundo a corporação, a criança deixou a bola cair no piscinão e pulou para pegar. Os moradores tentaram ajudar, mas não conseguiram resgatar o menino. Por isso, acabaram demorando quase 40 minutos para acionar o telefone de emergência do Corpo de Bombeiros.

Três equipes foram enviadas ao local. Um bote navegava à procura da criança por volta das 19h30.

Bombeiros: ocorrências cresceram 46,39%

Números são de estatísticas geradas pelo Centro Integrado de Operações em Segurança Pública (Ciosp)

11/02/2011 - 16:06

No ano passado foram atendidas 7.015 ocorrências

Números gerados pelo Centro Integrado de Operações em Segurança Pública (Ciosp) apontaram um crescimento nos atendimentos efetuados pelo Corpo de Bombeiros Militar de Sergipe durante o ano de 2010 quando comparados aos registros de 2009. No ano passado foram atendidas 7.015 ocorrências e em 2009 foram registrados 4.792 atendimentos. Um crescimento de 46,39%.

Do total de registros relativos a 2010, os atendimentos a incêndios chegaram à equivalência de 29% do montante das ocorrências. O percentual relativo a acidentes de trânsito e atendimentos pré-hospitalares chegou a 24%. O registro de ocorrências de incêndio em vegetação em agosto de 2010 atingiu números recordes por conta da estiagem. Do total dos atendimentos de incêndios, 76% corresponderam a sinistro em matas, 13% a incêndios em edificação residencial e 6% a incêndios em edificações comerciais.
“Nós tínhamos uma demanda reprimida por conta da falta de viaturas e equipamentos.
Esse crescimento no número de ocorrências atendidas em 2010 é fruto de planejamento e investimentos

Do total dos atendimentos de incêndios, 76% corresponderam a sinistro em matas por parte do Governo do Estado que adquiriu novas viaturas e equipamentos. Com isso foi possível atendermos todos os chamados, pois hoje possuímos pela primeira vez na história da Corporação equipamentos e viaturas de reposição”, explicou o comandante do Corpo de Bombeiros, coronel Nailson Santos.
Nailson afirmou, ainda, que o aumento dos atendimentos passa, também, pela criação do Centro Integrado de Operações em Segurança Pública (Ciosp) e a instalação de novos equipamentos de comunicação nos veículos operacionais, dando uma dinâmica maior no processo de comunicação, diminuindo o tempo resposta. “Antes a comunicação era feita por celulares institucionais e sistemas de rádio obsoletos, onde a cobertura não abrangia todo o Estado. Agora dispomos de equipamentos modernos e toda ocorrência gerada pelo Ciosp é imediatamente repassada para nossas viaturas com o máximo de rapidez”, destacou o comandante.
Com relação à incidência das ocorrências por dia da semana foi notado que as terças, quartas e quintas-feiras os bombeiros foram menos acionados. Já os domingos, o atendimento do Corpo de Bombeiros foi mais solicitado. Quando a análise diz respeito a faixa de horário, o período de 8h às 21h registrou a maior parte dos atendimentos, chegando a 79,14% do total de ocorrências atendidas em 2010. Com relação às localidades onde aconteceram a maior parte dos chamados, a Zona de Expansão de Aracaju ganhou destaque com um total de 396 ocorrências, seguido pelo Centro da capital sergipana com 388 e o bairro Atalaia com 179 registros.
Redução

Dentre os números divulgados, apenas os dados relacionados a atendimentos pré-hospitalares tiveram uma diminuição. Em 2009 foram registradas 1.035 ocorrências desse tipo. Já em 2010, o número caiu para 846, representando uma queda de 18,26 %.
De acordo com o coronel Nailson, essa queda se deu por conta da falta de viaturas específicas. Neste ano serão adquiridas quatro viaturas de resgate com o intuito de melhorar o atendimento pré-hospitalar. “Os novos veículos serão adquiridos com verba oriunda de convênio com a Infraero de prestação de serviços, onde o Corpo de Bombeiros cede militares para trabalhar no aeroporto de Aracaju”, explicou.

Fonte: CBM

Bombeiro faz parto dentro de carro em rua movimentada

O Tenente Elton Marcel Dorce, comandante do Corpo de Bombeiros de Suzano, viveu uma experiência única na tarde de ontem. Sozinho, apenas com um kit de primeiros socorros, ele fez o parto de Helena Diva da Silva dentro de um carro. O nascimento da pequena Estela foi realizado em uma das avenidas mais movimentadas de Mogi: a Francisco Ferreira Lopes, no distrito de Brás Cubas.
"Eu vinha de Suzano para uma reunião na sede do Corpo de Bombeiros no Shangai. Quando passava por Brás Cubas, um homem acenou para mim e disse que a esposa estava em trabalho de parto", contou.
O bombeiro pediu, então, para que o homem estacionasse o veículo em frente à Base Comunitária do 17° Batalhão da Polícia Militar, na praça Francisco Urbano Nagib. "Quando fui ver a esposa dele, vi que ela estava com coroamento (quando o bebê está quase nascendo) e realmente não daria tempo de levá-la para o hospital", explicou.

O parto

Sozinho, Dorce iniciou os primeiros procedimentos e fez o parto da pequena Estela. "Foi muito gratificante fazer este parto. Sempre que fazemos procedimentos como este, estamos em equipe e com uma unidade de resgate. Graças a Deus, deu tudo certo", comemorou.
Uma unidade de resgate encaminhou mãe e filha para o Hospital Santana após o parto.

Um mês depois das chuvas, bombeiros continuam buscas na região serrana

Um mês depois das chuvas que castigaram a região serrana fluminense, bombeiros continuam as buscas por corpos na área. Segundo o superintendente Operacional da Defesa Civil, coronel Jerri Pires, o trabalho só terminará quando os bombeiros vasculharem todas as áreas onde ainda possa haver pessoas soterradas.
Mais de 800 pessoas morreram no desastre e ainda há cerca de 400 pessoas desaparecidas na região serrana. “O desastre naquela região não tem precedentes. Foi um volume muito grande de água que desceu e isso fez com que se arrastasse uma quantidade absurda de lama. A área tomada por essa lama é muito grande. Então, as buscas ainda continuam com máquinas para tentar encontrar [os corpos das pessoas soterradas]”, disse o coronel.

Segundo Pires, a descoberta de corpos pelos bombeiros é também dificultada pelo fato de que algumas casas foram arrastadas pela força das águas por quilômetros. E as pessoas que estavam nesses imóveis provavelmente também foram arrastadas no dia das chuvas. Por isso, seus corpos não estão mais no local onde deveriam estar. “O corpo pode estar em qualquer lugar nesse trajeto em que a casa foi arrastada”, disse.

O superintendente da Defesa Civil acredita, no entanto, que o número de corpos ainda desaparecidos seja bem menor do que os 400 desaparecidos registrados pelo Ministério Público. Isso porque há, segundo o coronel Jerri Pires, muitos corpos já foram encontrados mas ainda não identificados. “A possibilidade de esses corpos ainda não identificados estarem entre os desaparecidos é muito grande”, afirmou.

Logo depois das chuvas, o trabalho de resgate do Corpo de Bombeiros foi muito dificultado devido a muitas quedas de barreiras, que isolaram várias comunidades. Por alguns dias, eles não conseguiram chegar a esses locais. Segundo o coronel Jerri Pires, no entanto, um mês depois, os bombeiros já conseguiram chegar a todas as áreas onde houve vítimas.

Da Agência Brasil

10 de fev de 2011

Bombeiros controlam fogo ateado em lixo no Morro dos Macacos



10/02/2011 12h40

Foto: Reprodução de Internet

















O incêndio no Morro dos Macacos, em Vila Isabel, Zona Norte do Rio, foi controlado pelos bombeiros na manhã desta segunda-feira. Segundo os agentes, alguém teria ateado fogo intencionalmente em um monte de lixo, o que provocou muita fumaça.

O fogo atingiu parte da mata, mas não deixou feridos. Nenhuma casa da favela foi atingida ou ameaçada pelas chamas.

Este é o segundo incêndio que atingiu o Morro nesta semana. Na última segunda-feira, bombeiros de três quarteis foram acionados para controlar as chamas que devastaram o equivalente a uma quadra de futebol da mata. Os bombeiros levaram cerca de uma hora para controlar o incêndio. Também não houve feridos.

Redação SRZD

Chuvas, esgoto e lixo tornam várias praias do país impróprias para banho

Redação do DIARIODEPERNAMBUCO.COM.BR        
 
No verão, pelo menos 40% dos turistas brasileiros procuram as praias que os 8 mil quilômetros de litoral oferecem aos banhistas. Mas é bom ter muito cuidado antes de dar um mergulho no mar. Levantamento feito pelas secretarias estaduais de meio ambiente dos 17 estados com praia oceânica revela que 40% dos 125 balneários mais procurados pelos veranistas estão com água imprópria para o banho por causa do alto índice de coliformes fecais.

Geralmente os destinos mais procurados, como o litoral de São Paulo e do Rio de Janeiro, são os que têm maior índice de contaminação. No Rio, das nove praias pesquisadas, só Búzios, Arraial do Cabo e Ilha Grande estão com águas próprias para o banho. Na orla da capital, do Leblon a Copacabana as praias estão com bandeira vermelha, indicando que o índice de poluentes está acima do recomendável. Até a paradisíaca Paraty está classificada com bandeira amarela, o que significa alerta para a sujeira. “As praias da capital sempre estiveram impróprias por causa das fortes chuvas e do esgoto que desemboca direto no mar”, ressalta o agente de turismo Cristiano Santos.
Segundo o diretor do Departamento de Estruturação, Articulação e Ordenamento do Ministério do Turismo, Ricardo Moesch, o maior problema são as praias mais povoadas que não têm saneamento básico. Ele conta que o governo federal está tentando implementar um projeto de certificação ambiental que indique as praias limpas e as sujas, o que obrigaria os agentes públicos a manter o mar propício para o banho. A iniciativa, no entanto, conta com forte resistência dos municípios que administram as orlas. “As cidades vivem do turismo e isso (a medida) pode prejudicar os negócios”, analisa a agente de viagens Lorran Derzevick.

No litoral de São Paulo, o banhista deve ficar atento aos riscos de alagamentos e contaminação. Segundo um relatório divulgado na semana passada pela Companhia Ambiental do Estado de São Paulo (Cetesb), a alta média pluviométrica registrada em todo o estado desde o início do verão fez com que 80 dos 156 pontos analisados no estado se tornassem impróprios para banho. Esse índice é recorde nos últimos três anos. Grande parte dos locais prejudicados se encontra no litoral sul, sobretudo na Baixada Santista, além de Iguape e Ilha Comprida. “O problema é que o excesso de chuvas aumenta ainda mais a geração de esgoto e de poluição que vai para o mar”, diz a gerente do Setor de Águas Superficiais da Cetesb, Cláudia Lamparelli.
A 74km de Aracaju, a Praia do Saco virou uma coqueluche entre veranistas que aportam em Sergipe para curtir o verão. Pela primeira vez desde que a Secretaria de Meio Ambiente do estado passou a fazer medição nas águas, a praia ficou com bandeira amarela. Mas o técnico de Turismo da cidade, Cândido Garcia, garante que a contaminação nada tem a ver com a presença de coliformes fecais. “Não tem esgoto voltado para o mar. O problema são as fortes chuvas e o excesso de turistas”, justifica.

Tubarões 

Em Pernambuco, onde sete das 11 praias aferidas estão impróprias para o banho, os agentes de turismo garantem que o maior problema não é a contaminação, mas a presença de tubarões, que costumam chegar perto da orla nessa época do ano, devido ao excesso de lixo despejado no mar. “A praia de Boa Viagem fica imprópria para o banho o ano inteiro por causa da sujeira e dos tubarões”, atesta a agente de turismo Manuela Domingues.


Já o turista paraense costuma recorrer à Ilha de Mosqueiro, na Grande Belém, para curtir o verão. Neste ano, as 16 praias da vila bucólica estão contaminadas e impróprias para o banho. “A população não foi educada para não jogar lixo na praia. Tem gente que faz necessidades fisiológicas enquanto toma banho sem se dar conta do risco que essa prática oferece”, ressalta o médico Francisco Gomes, da Secretaria de Saúde de Belém.

Fonte de Pesquisa: Correio Braziliense

Incêndio atinge dois sobrados na Lapa

Bombeiros do quartel central já estão no local para combater as chamas

Publicidade: Do R7

09/02/2011 às 11h51

...Bombeiros do quartel central tentam controlar um incêndio que atinge dois sobrados na Lapa, região central da cidade, na manhã desta quarta-feira (9).

O fogo começou no imóvel número 24 da rua Marques Silva, altura da rua Joaquim Silva, mas já passou para o prédio vizinho, número 22.

Não há informações de vítimas. Mais cedo, no Anil, em Jacarepaguá, bombeiros controlaram um princípio de incêndio em um restaurante. Ninguém ficou ferido.

Imagem apenas Ilustrativa (Sem ligação nenhuma com a matéria)


9 de fev de 2011

Mais de mil queimaduras de águas-vivas no Rincão dependendo do dia



Calor e temperatura da água alta combinam com águas-vivas. No Balneário Rincão, em Içara, esta cena foi comum este ano. De acordo com o soldado do Corpo de Bombeiros de Criciúma, que trabalha como guarda-vidas na praia, Renato Bonelli Bitencourt, tem dias que o número de atendimentos chega a passar de mil.
“Em alguns dias são cerca de 100 atendimentos em cada um dos dez postos e em 90% dos casos os atingidos são crianças”, afirma o soldado Bonelli. Porém, o balneário está mais calmo nos últimos dias. “Parece que, com a sujeira jogada pelos rios no mar, as águas-vivas fugiram”, crê.

Para amenizar a ardência causada pela queimadura de uma água-viva, existem apenas duas alternativas. A primeira, e mais usada, é passar vinagre no local atingido e retirar os tentáculos do animal com a parte de trás de uma faca. Em um mês, foram usados aproximadamente 80 litros de vinagre no Balneário Rincão. Porém há outra forma de diminuir a dor. “Também gera bastante resultado passar água do mar congelada na região da queimadura”, explica o Guarda-Vidas.

Bombeiros encontram corpo de menina e adolescente vítimas de tromba d'água no Distrito Federal

Publicada em 07/02/2011 às 20h21m

BRASÍLIA - O Corpo de Bombeiros do Distrito Federal encontrou, no fim desta manhã, o corpo do adolescente Leonardo Alves de Brito, de 16 anos. Ele se afogou ao voltar ao Córrego da Coruja, em Ceilândia, na tarde deste domingo, para resgatar a irmã de sua namorada, mas os dois acabaram levados pela correnteza durante uma tromba d'água. Pela manhã, a dois quilômetros onde estava o adolescente, bombeiros acharam o corpo da menina Marina, de 11 anos.

- Um (corpo) foi encontrado à margem e outro no leito do rio - explica o tenente do Corpo de Bombeiros Vinícius Silva.

Três jovens tomavam banho na cachoeira próxima à QNP 11 na tarde desse domingo quando foram atingidos por uma tromba d'água. Fenômeno comum nesta época do ano, ela é formada quando a chuva na cabeceira do rio forma uma grande onda, que desce com força.

Segundo amigos, Leonardo teria conseguido tirar a namorada da água e depois pulou de novo para resgatar a irmã dela. Os dois foram levados pela correnteza e desapareceram. As buscas começaram ainda no domingo, mas o difícil acesso à margem do córrego e a água barrenta dificultaram o trabalho do Corpo de Bombeiros, que recomeçou as buscas no início da manhã de hoje. As famílias acompanharam o trabalho de buscas.

Os bombeiros orientam os jovens a evitar os rios estreitos porque, em caso de chuva forte, a enxurrada é mais perigosa.